featured file

Jogo de Aniversário

29 de Fev de 2008

Hoje meu confrade Claudio veio comemorar o aniversário de 13 anos de seu filho Claudio, trazendo-o com dois colegas para uma boa jogatina. Claudio (flho) já conhecia vários jogos modernos, mas para os seus colegas foi uma revelação, acostumados que estavam apenas a jogos disponíveis no mercado brasileiro. Contando ainda com nosso confrade José Theodoro, começamos com uma partida de Citadels e engatamos depois três partidas de Ubongo, uma de Mistery of the Abbey e uma de Gemblo, esta com a participação de Lidia.

Foi uma noite extremamente agradável. Ao chegar, um dos rapazes (Vitor) olhou a minha coleção de jogos e perguntou, meio perdido, se eu tinha War, Banco Imobiliário ou Detetive. Respondi que sim, mas que andava dando preferência aos jogos mais modernos, acrescentando que achava uma boa idéia se eles aproveitassem a ocasião para conhecê-los também. Entreguei-lhes o baralho com os jogos da minha coleção, com uma breve descrição em português de cada jogo, para que eles escolhessem os jogos que lhes parecessem mais interessantes.

Acabaram escolhendo mais de vinte jogos, variando de Republic of Rome a Citadels. Como éramos seis e um de nós tinha um horário apertado, decidi começar pelo Citadels. Gostaram muito e jogaram bem e um deles (André) quase ganhou, mas a partida acabou sendo vencida por meu confrade José Theodoro.

Depois, Theodoro saiu e sugeri que jogássemos Ubongo; fiquei de árbitro nas duas primeiras partidas, enquanto Claudio e os rapazes jogavam, depois Claudio (pai) e eu trocamos de lugar para que eu jogasse uma partida. Estou destreinado no Ubongo, perdi feio. Claudio (filho) empatou ou ganhou as três partidas, mas seus colegas não ficaram muito atrás.

Como Vitor tinha pedido algum jogo semelhante ao Detetive, sugeri a seguir uma partida de Mistery of the Abbey. Foi muito divertido e todos jogaram bem. O fim do jogo foi cabeça a cabeça, mas consegui falar ao Abade antes dos demais e ganhei.

Finalmente, encerramos a noite com uma partida de Gemblo, sugerido por Claudio (pai). Lidia participou também, já que o Gemblo não permite partidas com cinco jogadores. Foi a primeira vez que joguei este jogo a seis e, pela segunda vez, vi alguém conseguir acabar o jogo colocando todas as peças — Claudio (pai), com uma bela vitória.

Os três rapazes saíram daqui muito satisfeitos e extremamente interessados em conhecer mais sobre os jogos mais modernos. Aparentemente, consegui mais alguns convertidos…

Somente assinantes podem enviar comentários.

Assine agora!

Já tem uma assinatura? Entre!

LC, o Quartelmestre

Também conhecido como Luiz Cláudio Silveira Duarte. Escritor, poeta, pesquisador, jogador, polímata, filômata... está bom para começar.