É grave, doutor?

13 de Jul de 2023

Sou doente de amor
Sinto falta do calor
Que me causa seu olhar
Tenho sede do sabor
(Inda não pude provar)
Noite ou dia, falta a luz
Dos seus olhos a brilhar

São sintomas de amor
Mas não são marcas de dor
Não há nada que curar
Eu receito mais amar

“There is no remedy for love but to love more.” – Henry David Thoreau.

Somente assinantes podem enviar comentários.

Assine agora!

Já tem uma assinatura? Entre!

LC, o Quartelmestre

Também conhecido como Luiz Cláudio Silveira Duarte. Escritor, poeta, pesquisador, jogador, polímata, filômata... está bom para começar.