No escuro

Amores na madrugada.

21 de Dez de 2023

acordo contente
ainda no escuro
nesta noite quente
à frente, suave
a bela se cobre
com leve lençol
também pudera!
depois do calor
que juntos criamos
depois do ardor
que nós insuflamos
depois da paixão
que nós atiçamos
(mas segue o tesão,
não nos saciamos!)
entendo seu frio
mas sua coberta
não é suficiente
pra se aquecer
precisa arder
em corpo e mente
não faço rogado
me sinto crescer
o corpo encaixado
o beijo roçado
exploro safado
e logo consigo
o olhar desejado
o sorriso amado
o beijo trocado
e ela se abre
pra me receber

Somente assinantes podem enviar comentários.

Assine agora!

Já tem uma assinatura? Entre!

LC, o Quartelmestre

Também conhecido como Luiz Cláudio Silveira Duarte. Escritor, poeta, pesquisador, jogador, polímata, filômata... está bom para começar.