featured file

Bela como o dia

O dia que começa nada deve ao brilho do seu sorriso.

21 de Fev de 2024

caminho na praia
sinto maresia
contemplo, calado
o dia que raia
eu volto pra casa
ainda encantado
fazer o café
assim que o cheiro
ocupa a casa
preguiça, sorriso
já está de pé?
me diz um bom-dia
com abraço e beijo
e logo vai ela
tornar-se sereia
tomar o caminho
que leva à areia
encantar o Sol
com sua alegria

Somente assinantes podem enviar comentários.

Assine agora!

Já tem uma assinatura? Entre!

LC, o Quartelmestre

Também conhecido como Luiz Cláudio Silveira Duarte. Escritor, poeta, pesquisador, jogador, polímata, filômata... está bom para começar.