Vate

As faces do poeta.

1 de Abr de 2024

Sou vate, poeta
Sou louco, profeta
O brilho em meus olhos
Avisa escolhos
A minha coragem
Se torna voragem
Escrevo universos
De sonhos dispersos
Muitas veleidades
Inspiram verdades
Me movem desejos
De seios e beijos
Os versos de dores
Refor├žam amores
Me vejo fidalgo
Insano, cavalgo
A minha estrada
Me leva à amada

Somente assinantes podem enviar comentários.

Assine agora!

Já tem uma assinatura? Entre!

LC, o Quartelmestre

Tamb├ęm conhecido como Luiz Cl├íudio Silveira Duarte. Escritor, poeta, pesquisador, jogador, pol├şmata, fil├┤mata... est├í bom para come├žar.