A laje

Vendo a passagem do tempo.

https://quartelmestre.com/poesia/a-laje/

    Aqui sentei para ver
    Espetáculos no céu
    Uma companheira doce
    Emprestava-me seu mel

    Hoje vejo a laje
    Tombando n'areia
    Desperta saudade
    Da doce sereia

    A laje que tomba
    Pra logo quebrar
    É só uma sombra
    Que viu o amar

[A laje.mp4](./A laje.mp4)



2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.