Anseios de sesta

Quase adormecendo.

https://quartelmestre.com/poesia/anseios-de-sesta/

    o sono já pesa
    deito no sofá
    as nuvens no céu
    me lembram passeios
    com Lua ou Sol
    o sonho já nasce
    (delírio, talvez?)
    e penso em curvas
    que enchem os olhos
    desejo com seios
    encher minhas mãos
    embalo na sesta
    com toques febris
    carícias gentis
    sublimes anseios


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.