Certeza

Uma das duas certezas da vida.

https://quartelmestre.com/poesia/certeza/

    sabido por todos
    a morte é certa
    (em hora incerta)
    mas muitos procuram
    disfarces, engodos
    desdenham alerta
    até se censuram
    supõem que perduram
    até o momento
    cruento ou alento
    rosado ou cinzento
    a porta é aberta
    convida e liberta
    se deixo lamentos
    respondo: me ausento,
    mas muitos talentos
    tive por oferta
    e deixo proventos
    agora meu vento
    me chama e desperta
    e busco, atento
    nova descoberta


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.