Edging

https://quartelmestre.com/poesia/edging/

    Ouço meus desejos
    Quero dar mil beijos
    Toques e carinhos
    Mas desejo em vão
    Levo o coração
    Por outro caminho
    De um amor que toca
    Almas e não peles
    Nunca se consuma
    Brilha sem arder
    Por isso não queima
    Nunca se consome
    Foge ao frenesi
    Não goza... mas fica!


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.