Forjando sonhos

https://quartelmestre.com/poesia/forjando-sonhos/

Dois haikus inspirados pelos efeitos do calor humano.

    Amigos ferreiros
    Vou ao molde, saio forte;
    Sonhos de metal.

    Alma de areia.
    Quente, soprada, moldada.
    Cores de cristal.


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.