Ousado

https://quartelmestre.com/poesia/ousado/

    Me perco pelos sorrisos
    Tornam lábios em luzernas
    Jogam beijos de alegria
    Não prometem — nem precisam!
    Inebriam e encantam
    Seus liames que me atam
    Não me prendem, mas me dão
    Motivos para crescer
    E, crescendo, mergulhar
    Entre lábios que beijei


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.