Vate

As faces do poeta.

https://quartelmestre.com/poesia/vate/

    Sou vate, poeta
    Sou louco, profeta
    O brilho em meus olhos
    Avisa escolhos
    A minha coragem
    Se torna voragem
    Escrevo universos
    De sonhos dispersos
    Muitas veleidades
    Inspiram verdades
    Me movem desejos
    De seios e beijos
    Os versos de dores
    Reforçam amores
    Me vejo fidalgo
    Insano, cavalgo
    A minha estrada
    Me leva à amada


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.