Abraços

Carinhos e promessas.

https://quartelmestre.com/poesia/abracos/

    Me perco nos braços
    Que cingem, apertam
    Abraçam, acolhem
    Carinham, bolinam
    Quando se despedem
    Também se animam
    Pois fortes prometem
    Futuros abraços


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.