Andança

Caminhada noturna.

https://quartelmestre.com/poesia/andanca/

    A lua mansa no céu
    Acompanha minha andança
    Brilha límpida, singela
    Com clarão que ilumina
    Doces memórias da bela
    Beijos leves, delicados
    E desejos bem safados
    Mas está longe, agora
    Minha andança é solitária
    Em compasso de esperança
    Agora penso, solene
    Invoco gentil Selene:
    Acompanha minha amada
    Na viagem do sonhar


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.