Bom vento

https://quartelmestre.com/poesia/bom-vento/

    Um bom vento sopra
    Enquanto caminho
    Será que vem dela?
    Eu sinto nos ares
    O cálido cheiro
    Do Sol nos cabelos
    Do brilho na prata
    Invejo este vento
    Mas é meu amigo
    Eu falo baixinho
    Somente p'ra ele
    O que sussurrar
    Quando a encontrar
    Entrego-lhe o beijo
    Que não posso dar
    Já dei o recado
    Não vou apressar
    O vento é ligeiro
    Mas tem o seu tempo
    Mais lento que o meu
    Faz parte do amor
    Saber esperar.


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.