Submarino

https://quartelmestre.com/poesia/submarino/

    nestas Águas Claras
    vivo num navio
    no porto atracado
    uso as vigias
    para ver o mundo
    passo escotilhas
    para caminhar
    o que chamo casa
    é um camarote
    estou protegido
    também abrigado
    -- por isso sou grato!
    mas não conformado
    viver embarcado
    não é divertido


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.