Conversa de amantes

Os doces nadas falados por dois amantes.

https://quartelmestre.com/poesia/conversa-de-amantes/

    "não vou te forçar"
    "não está forçando,
    não quero que pare"
    "não quero parar
    eu estou amando
    poder te beijar"
    "eu esperei tanto..."
    "não queria ousar"
    "gastei meus encantos
    pra te provocar"
    "e eu, no entanto
    temia avançar"
    "agora me espanto
    eu sinto o arfar
    a barba roçar
    as mãos explorando"
    "também bolinando
    a roupa afastar
    eu já me levanto"
    "eu sinto pulsar"
    "e eu, o queimar
    deste fogo insanto
    que faz abrasar,
    nos incendiar!"


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.