Embalado para dormir

Preparando-me para dormir.

https://quartelmestre.com/poesia/embalado-para-dormir/

    ruídos da noite
    um carro, um cão 
    canção da cidade
    a cama tão larga
    me espera vazia
    mas quando me deito
    vem ela comigo
    carinho, abraço
    beijinho, amasso
    macia doçura
    e dura firmeza
    já sonho bem antes
    de adormecer
    o delírio ousado
    me põe embalado
    no sono de amantes


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.