Pétalas

https://quartelmestre.com/poesia/petalas/

Augusto dos Anjos falou da mão que afaga e apedreja. Pedras marcam e ferem – afagos também! Tatuagens perfumadas, sabor aveludado, seda brilhante. Pedras como lágrimas na chuva.

    Carícias suaves
    Breves toques, cicatrizes
    Pétalas no dreno


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.