A estrada das flores

https://quartelmestre.com/poesia/a-estrada-das-flores/

Crisântemos e cerejeira. O caminho das flores. Gesto perfumado, visão que toca. Chave para abrir uma porta hoje fechada, mas nunca trancada. Passo a soleira, descortino o mundo, sinto o calor e a luz; tomo a estrada, a única estrada.

    Ágape, sorriso
    Delícia, olhos, carinho
    Eros no jardim


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.