Procela

https://quartelmestre.com/poesia/procela/

    toco o vento,
    abraço a procela,
    beijo gotas, ouço a chuva
    gemer seu prazer
    
    penso nela


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.