Sereno

Despertando.

https://quartelmestre.com/poesia/sereno/

    começa o dia
    o céu vai chorando
    as lágrimas leves
    do sono que acaba
    deixando molhados
    a grama, os vidros
    que doce é poder
    beijar os seus olhos
    ainda fechados
    trazer o sorriso
    que tanto ilumina
    minh'alma e vida
    a face serena
    também tem sereno
    de um sonho feliz
    não quero que acabe
    mas este momento
    é mais precioso
    por ficar guardado
    gravado, marcado
    em meu coração


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.