Sonhos de perereca

A cada um os seus sonhos.

https://quartelmestre.com/poesia/sonhos-de-perereca/

    também ela sonha
    seus sonhos de rã
    e lembro dos meus
    durante a manhã

    eu sonho o pecado
    da doce maçã
    o corpo dourado
    da moça louçā
    o abraço apertado
    a ânsia pagã
    o beijo babado
    cabelo puxado
    mergulho safado
    um grito abafado

    são só fantasia
    e sei que é vã
    mas são meu alento
    o meu talismã


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.