Meu corpo

Eu em mim.

https://quartelmestre.com/poesia/meu-corpo/

    meu corpo é o palco
    da minha história
    eu não vivo nele
    não sou passageiro
    nem é o meu traje
    é parte de mim

    é nele que vejo
    as marcas de amores
    os toques de dores
    pegadas de atores
    que nele falaram
    os tantos papéis
    p'ra esta plateia
    sorrir e chorar
    brincar e gozar

    se guardo essas dores
    não é por pudores
    e nem desamores
    pois fazem quem sou


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.