Pernas

https://quartelmestre.com/poesia/pernas/

    Eu vejo as moças
    Que passam na rua
    As pernas de louça
    Que Chico cantou
    Sem poder beijar
    Também não as beijo
    Só nutro desejo
    Mas não é por elas
    As pernas que vejo
    Com os olhos da mente
    Estão na areia
    Levando a sereia
    Que canta, serena
    Olhando p'ro mar.


2024 Luiz Cláudio Silveira Duarte https://quartelmestre.com
O conteúdo destas páginas pode ser utilizado conforme os termos da licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.